top of page
  • Foto do escritorAna Sou

Portugal ou Porto Graal?

Atualizado: 27 de dez. de 2021



- Irmandade da Rosa e as Guardiãs do Santo Graal -


Portugal ou Lusitânia é o País da Luz e é bem mais que isso. Ao longo dos séculos desbravamos caminhos, honramos crenças, caímos e levantámos com resiliência, determinação e uma doçura muito própria no coração. Este povo de "brandos costumes" tem a consciência de que é no coração e na atitude suave e determinada que está a solução.


Ultimamente têm surgido pelo mundo fora grupos que se intitulam "Irmandade da Rosa" e nisso não há contrassenso nenhum pois muitos são chamados a associarem-se ao Propósito Divino Maior...


No princípio da vida neste planeta a que chamamos Lar, nas civilizações bem mais ancestrais que a Atlântida ou a Lemúria foi iniciado o processo de sustentação das Energias do Sagrado do Coração - fusão e equilíbrio entre Sagrado Feminino e Sagrado Masculino - honrando todos os Propósitos Divinos Maiores ancorados no Coração Universal, lar do Amor Incondicional e da Fonte da Vida. Equilíbrio sustentado na Irmandade da Rosa original, aquela que vibra no Amor de Maria Madalena e Mãe Maria/Ísis... um Templo de Amor Incondicional acessível aos puros de coração e a todos os que aceitarem percorrer os caminhos mais puros e iniciáticos que a Fonte concede. No início surgiram 12 Irmãs que deram Origem a12 irmandades cada uma com 12 membros em equilíbrio de feminino e masculino. E porque refiro a Irmandade da Rosa e Portugal ou deverei dizer "Porto Graal"? Porque Maria Madalena, que aceitou ser conosco em corpo, complemento Divino de Jesus/Yeshua, suprema Sacerdotisa no Templo de Ísis na Mesopotânia e guardiã dos Segredos da Energia da Fonte sustentados no Ovo da Criação e no Santo Graal, a chave que habita o útero-coração-visão, a Divina Trindade, ao deixar a Palestina e seguir para França, aceitou que sua Filha/o Santo Graal seguisse caminho para Portugal na companhia daquelas a quem instruiu como as suas Guardiãs. Muitos são os que acreditam que o Santo Graal teria sido cuidado e resguardado em França e durante muito tempo essa crença foi uma proteção e uma imensa segurança...


Acontece que agora chegou o momento do despertar e as Guardiãs do Santo Graal já começam a ter consciência de quem são e estão a despertar as memórias ancoradas no seu Akashico pessoal e Universal em sentido de Serviço e Amor Abnegado, pois também elas têm uma imensa conexão com Jesus/Yeshua e com o Arcanjo Miguel pois envergam o seu manto e é-lhes permitido sustentar a espada e o escudo para só serem usados na proteção maior do Todo e de Todos. Os Propósitos individuais são vividos na consciência do Servir em Amor Incondicional com Espírito Abnegado e entrega humilde e total. Daí estarem em Porto Graal, ou seja, em Portugal, onde está o Graal, o Ovo da Criação, ou, melhor dizendo, a chave do Ovo - a filha que aqui cresceu e viveu protegida - onde está o acesso a essa imensa sustentação, alquimia e profundo Amor. Não é possível aceder a esta verdade sem se permitir ser completamente renovado, sem se permitir morrer e renascer em vida, aceitando os caminhos mais puros e alquimicos, aceitando conhecer todos os Segredos das dimensões e cruzar todos os infernos, permitindo-se despir de todas as armadilhas do Ego, aceitando viver todas as dores, suportar pelo Bem Maior todos os sofrimentos. Digamos que o caminho de Inanna e Ereskingal ou Maria e a Mãe Negra, se assim o preferires, traduz muito bem este processo Iniciático.


Esta é uma mensagem que é para ser sentida, entendida e desperta a quem estiver no seu Propósito sentir, entender e despertar os Códigos primeiros do Ovo da Criação. É uma mensagem que já foi dada anteriormente a um grupo restrito e que agora senti que era o momento de partilhar com o todo.


Que leia quem tem de ler... Que a Criação, o Amor e a Visão sejam com o Todo. Eu Crio Eu AmoTe Eu vejoTe Eu HonroTe Eu reconheçoTe


Em Amor, Gratidão, Luz e Paz, Somos!


Ana Sou 27Dez2018


(Arte: "Magdalene's Reverie" por Sheryl Yambrach Rose)

7 visualizações

Posts recentes

Ver tudo

Existir ...

bottom of page