top of page
  • Foto do escritorAna Sou

Os Portais e os Chakras da Terra

Frequentemente ouvimos falar da activação e reactivação de energias Portal ou Portais como marcos de ascensão consciencial da Terra, da Humanidade e do Cosmos. É o caso dos Portais 11:11 e 12:12.


Para muitos a consciência desta activação passa por ver no relógio o 11:11 ou o 12:12 ou pela sintonização com o dia, mês e ano do calendário gregoriano. Para outros, esta consciencialização é mais profunda uma vez que é percepcionada como uma onda de energia electromagnética multidimensional, e até uma vibração tonal que nos leva de oitava em oitava, que nos alinha com a Grelha Cristalina da Terra mas também com a Grelha de Luz e a Grelha Solar. (Encontram a explicação destas numa mensagem anterior.)


Para quem a sintonização é feita pelo relógio, na consciência vivida neste plano (porque ao nível da alma todos sentimos) nada se perde. Mesmo que a mente não percepcione todo o alcance, o download energético de informação é feito e armazenado em nós, na nossa Kundalini, sistema de chakras, sistema glandular e ADN até estarmos preparados para o descodificar e perceber.


O que possibilita a abertura das Energias Portal é a existência das já três referidas Grelhas e dos Portais “físicos” energéticos presentes na Terra.

Assim sendo, os Portais são vórtices energéticos de energia em espiral que se movem em sentido horário ou em sentido anti-horário, à semelhança do que acontece com os nossos chakras. Estes são eléctricos, magnéticos ou ambos.

Os eléctricos contêm energia masculina, o que permite a carga energética emocional e física e estimulam a consciência. Os magnéticos contêm carga feminina que eleva a percepção psíquica. Os electromagnéticos combinam ambas fornecendo equilíbrio.

O que está na base destes é o aglomerado de massivos Cristais no interior da crosta terrestre que tanto emitem para as Grelhas como recebem, armazenam e posteriormente permitem a emissão da informação recebida destas mesmas Grelhas, amplificando-as e focando-as.


Os Portais mais significativos presentes no Planeta encontram-se no monte Kailash no Tibete, em Uluru na Austrália, em Macchu Picchu no Peru, nas Pirâmides de Gisé no Egito, em Stone Hedge na Inglaterra, no Monte Shasta na América, entre outros… sendo que muitos destes são Portais que nos ligam multidimensionalmente a outras Galáxias, a variados sóis centrais. São portais estelares que nos podem transportar aonde quisermos.

O que importa reter é que este acesso não tem de ser físico. Podes continuar a viver no mesmo sítio, podes não ter oportunidade de viajar e, no entanto, deslocares-te a estes locais.


Desde pequena que sinto uma forte ligação com o Tibete e com Machu Picchu, aliás a primeira vez que com 6 anos vi uma imagem de Machu Picchu na escola virei-me para a professora e disse que já tinha vivido ali, o que a deixou atónita e levou a imediatamente mudar de conversa. Sorrio. Sim, tanto vivi em Machu Picchu como antes vivi em Lhasa no Tibete.

Esta ligação tem a sua razão de Ser por muitos motivos. Um deles é que os Portais e os Chakras da Terra estão interligados entre si pela Grelha Cristalina e por túneis intraterrenos.

Já repararam como os tibetanos e os peruanos são povos tão parecidos fisionomicamente? Não é por acaso. É que muitos dos que viveram no Tibete a certa altura deslocaram-se, por esses tuneis, para o Peru levando consigo ensinamentos e tecnologia avançada que tinha de ser protegida de interesses baseados na cobiça, no poder, na ganância e no medo, tendo dado origem à mítica Cidade do Ouro, por exemplo.Que era muito mais que uma cidade feita de ouro.

Só quando a Humanidade largar a ambição de poder e a febre do ouro poderá percepcionar a magnificência e as verdadeiras propriedades do material dourado tanto a nível multidimensional, quanto vibracional e ascensional …


Vou-vos contar uma das muitas viagens que fiz sem sair de casa …

Em 2014 ocorreu o Coro da Compaixão (o entoar dos Tons Pineais) no Monte Shasta, na Califórnia. Na altura, uma amiga querida minha ía e eu ainda acalentei a esperança, durante algum tempo, de o poder fazer também. Rapidamente percebi que tal não seria possível mas descontraí. Sempre considerei e considero que ao nível energético, vibracional e da Alma sempre acedemos e contribuímos.

A verdade é que num dos dias em que o coro estava activo, sentei-me para meditar e recebi a enorme Bênção de ser levada ao Templo de Cristal Platina e Dourado existente dentro do Monte Shasta onde recebi uma activação energética poderosíssima, uma iniciação da Água…


Partilho isto convosco para que sintam a liberdade de Ser em vossos corpos, corações, mentes, visões e espíritos.

Somos Divinos e estamos sempre conectados, consciente ou inconscientemente. Esse é um elo que a densidade não consegue quebrar.

Existir é Ser!


Permitam-se sentir e viajar … aquele local que chama por vós é aquele onde devem aceder para se sintonizarem com os dons mais profundos da vossa Alma.

Permitam-se!


Ana Sou


0 visualização

Posts recentes

Ver tudo

Existir ...

bottom of page