top of page
  • Foto do escritorAna Sou

Como manifestar, criar as nossas Vidas

Como manifestar, criar as nossas Vidas


Frequentemente damos connosco a formular pedidos, a ter vontades/desejos, a querer ver manifestados os nossos quereres e a não obtermos o que desejamos.

Tal acontece porque nos focamos no "querer", no "eu quero", no "eu tenho de", no "eu mereço", no "eu desejo"...

O princípio da manifestação é a gratidão, a fé, a consciência de que temos e somos nas nossas vidas o que é para nós em determinado momento.

Ao dizermos "eu quero" estamos a ativar o ego, o controle e o medo, uma vez que quando queremos não estamos a confiar que temos o essencial e estamos no domínio do mental que pode estar a levar-nos a querer algo por medo, por comodismo, por resistência à mudança, por soberba e egoísmo. Algo muito semelhante acontece quando dizemos "eu tenho de", uma vez que nos estamos a criar uma obrigatoriedade, é como se sentíssemos que não somos inteiros, felizes, capazes, se não fizermos tal coisa ou tivermos tal coisa. Tal implica sempre um sentimento de carência, de insatisfação, de controle e até de dependência, contrário ao fluir da vida e da manifestação.

Para manifestarmos as nossas intenções devemos sintonizarmos com o Ser e ao fazê-lo todas as nossas células, órgãos, vibração, energia se alinham com esse propósito.

Assim, afirmem o que têm a dizer com gratidão, como se já o estivessem a viver e sempre na primeira pessoa do verbo Ser, ou seja, com a magnificência que tudo cria do "Eu Sou".

Vou dar alguns exemplos para pronunciarem, de preferência, em voz alta, enquanto conduzem ou no sossego das vossas casas. Quando estão acompanhados também podem fazer as afirmações mentalmente como uma forma de treinar e educar a mente positivamente.

E porquê em voz alta? Porque a palavra pronunciada tem uma manifestação energética e vibratória poderosíssima. Nós criamos aquilo em que acreditamos e mais ainda aquilo que falamos, daí ser tão importante o estarmos conscientes dos "não", dos "nunca", dos "impossível", dos "jamais", dos "mau", "doente", "sofrimento" ... que constantemente afirmamos.

Afirmem com Amor e Gratidão:

"Eu Sou Feliz"

"Eu Sou Amor"

"Eu Sou a Paz"

"Eu Sou a abundância"

"Eu Sou saudável"

"Eu Sou amável"

"Eu Sou prósper@"

"Eu Sou Integr@"

"Eu Sou Perfeit@"

"Eu Sou Harmonios@"

"Eu Sou o equilíbrio e a Harmonia constantes"

e tantas outras que podemos conceber de acordo com o nosso propósito de vida e sejamos Profundamente Felizes.

0 visualização

Posts recentes

Ver tudo

Existir ...

bottom of page