top of page
  • Foto do escritorAna Sou

Somos Loucos



Neste Sentir chão

Que desnuda o poro

No vibrar da Criação


Somos Loucos


No inspirar distância

Fragmentos de Luz

Tecidos omnipresentes

E nada oclusos


Somos Loucos


No sorver dos instantes,

Gemido, que exala o Ser,

Vibra-se no corpo exangue

A Sabedoria do bem querer


Somos Loucos


No infinito do abraço

Imanente presença

Que em lágrima no deserto

Um oásis sente e contempla


Somos Loucos


E sem nada temer

Numa criatividade única de Ser

AbraçoTe fundida na loucura

Que Me Nos dá sentido ao Viver


AMOR!


Ana Sou

14 visualizações

Posts recentes

Ver tudo

コメント


bottom of page