top of page

O corpo


No último ano permiti-me estar tão dedicada a Amar O(s) Outro(s) que, em tantos aspectos, me esqueci de me Amar por inteiro.


Nos últimos dias, apesar da agitação e atenção constante aos filhos, tenho-me amado.

Inicio os dias a abraçar, voltei a fazer exercício físico e tenho recorrido a exercícios que tonificam e agilizam o corpo, têm em atenção os meridianos e cuidam dos órgãos internos, principalmente do fígado, rins e pulmões, cuido de nutrir o meu corpo físico com alimentos que Adoro e confecciono-os com Amor, dou-me tempo para me acariciar, para me observar e ao que Me envolve, para parar, sentir, acolher e libertar.


Sinto que nunca respeitei tanto o corpo da Mulher como o faço hoje e, neste processo, estou a respeitar-me mais a mim também.

HONRO-TE-ME TANTO!


São tantas as imposições que colocamos sobre nós, tantos conceitos e ideais de beleza, bem estar e aspeto.

O último ano trouxe-me a menopausa e mais uma série de processos de Morte e Renascimento que resultaram em mais cabelos brancos, rugas e peso.

Eu que sempre ouvi quando "chegares aos 30", "fores Mãe", (sou Mãe de 5, 3 nascidos), "fizeres os 40" e passei todas essas sentenças a ser capaz de manter o peso e tónus, vejo-me agora com mais 4 a 5 kg. Já tive mais.

A verdade é que estamos rodeados de SERes Humanos que têm medo de envelhe'Ser.

Eu Amo e aceito as minhas rugas tal como Amo a minha cicatriz das cesarianas, à qual chamo de minha tatuagem e o meu dente "maroto".

Com a menopausa veio um período de inércia e mais que o peso foi a perda de tónus e agilidade que me alertou. Eu que sou fluidez senti-me a ficar inerte. Quão sábio é o meu corpo por me alertar.


Em novembro faço 51.

Estou a recuperar flexibilidade, tónus e Amor próprio mesmo que possa não voltar ao peso habitual.

Hoje, Sou Muito Mais Mulher que antes, só porque me sinto, honro e mesmo quando resvalo e caio, levanto-me com assertiva serenidade.

A impaciência deu lugar à maturidade.

O autojulgamento deu lugar ao Amor próprio e todas as escolhas, em todas as áreas da Vida, são disso reflexo.


Lembra-Te: Tu És e o teu Corpo é uma extensão do teu Ser.

Deusa, Vive-Te, Aceita-Te em todas as fases, Cuida-Te e Ama-Te.


AMOTEME


Ana Sou

5 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page