top of page
  • Foto do escritorAna Sou

Eu escolho quem Amo...



"Não podes escolher quem Amas Mas podes Escolher o que fazer com isso"


Hoje esta afirmação tem vindo muito a Mim. Um Convite a clarificar. A clarificar-Me.


A verdade é que, quando centrada, quando alinhada com o Coração de Gaia e com o Coração Uno da DeuSa, a frase pede para ser reescrita.


"Eu escolho quem Amo e Escolho o que fazer com esse SEntiR." Esta é a minha afirmação.


E como? Eu escolho quem Amo pois essa é a minha vibração e, como tal, não excluo ninguém desse sentir. Não Amar alguém implica não me Amar. Eu AmoMe, logo Eu AmoTe.


Quanto ao que fazer com o SEntiR... é um processo contínuo de exercer o Ser no Estar.


A vida tem-Me ensinado que a forma como o outro me vê não passa pela minha ação. Faça eu o que fizer, procure ser conforme ou não, o seu Sentir para comigo é seu.


Nem tudo é espelho meu, muito é só reflexo.


Ou seja, é espelho meu quando me vejo no Outro, é reflexo quando o Outro se projeta em Mim e tal não me define nem identifica. Além de que poder ter uma opinião sobre não é julgar nem identificar-me com, é reconhecer Valores de Alma e agir de acordo.


Agora também é verdade que o Relacionar implica Escolher. Quando Amo e o Relacionar, com, me convida à Dor, ao sofrimento, ao drama e à confusão, cabe-Me o redefenir-me na relação. Nesse redefenir só o Amor próprio pode abrir as portas do Ser.


Dói muito afastar-me de quem Amo. Exige coragem, determinação, resiliência e Fé. Dói muito mais perder-me de Mim quando fico com quem não está alinhad@ com o expressar mais elevado do meu Ser. Seja o que for que isso signifique.


Como sabê-lo? É um sentir intrínseco que vai além da raiz, do instinto e da intuição. É um Sentir palpável nos vários corpos que te apela ao vibrar da Alma em corpo. Pode desafiar razão, coração (que quando em emoção, mente. Um mentir que acolho pois convida ao Mergulho e ao des'iludir), segurança, ação e chão e mesmo assim, Honras porque Te Sentes, porque Te transcende e Te vibra desde os poros numa convicção inabalável do Amor em Ti, de Ser.


Eu PermitoMe Escolher. Eu AmoMe. AmoTeMe


E Tu?


Somos


Ana Sou


(Créditos de Imagem desconhecidos. Dou-lhe o nome de "Beijo d'Essência")

9 visualizações

Posts recentes

Ver tudo

Σχόλια


bottom of page