top of page
  • Foto do escritorAna Sou

O Mergulho

Num silêncio de quem se lê neste mergulho, neste luto... Estas têm sido as minhas reflexões. Esta é a minha Consciencialização. O Mergulho É Essencial.


Após largar a pele do passado necessitas de tempo para que a nova ganhe expressão. Inteira, plena, lar e Amor.


Este é o Tempo que Me estou a Permitir ... e para quem como eu, que tantas vezes corro com as solicitações do dia a dia... vivo agora a seren'a'idade e o abrandar que me preenche de Mim.


Gratidão! Gratidão! Gratidão! AmoTeMe Somos

"Sentes saudades de alguém com quem escolheste não estar mais?


Ainda sentes raiva de alguém que já não queres na tua vida?


Estás em processo de luto, provavelmente. Talvez não queiras ainda, por algum beneficio inconsciente, deixar ir essa pessoa. Provavelmente sentes medo e tens raiva de te sentires só outra vez.


Na realidade podes não ter saudades dessa pessoa. Provavelmente tens sensações de quem eras quando te partilhaste com esse ser maravilhoso. Tens vontade de replicar esses momentos incríveis.


O teu corpo anseia por sentir de novo o que te satisfez a necessidade e te trouxe alegria e amor. Então escolhes inconscientemente sentir agora o conforto da tristeza da solidão. E do medo de não conseguires isso com mais ninguém no futuro.


Tudo isto acontece em ti, já sem a outra pessoa estar envolvida neste processo. Aproveita pacientemente, bem até ao fim. O fim é quando estiveres pelo menos seis meses sem carência de compensar com outras coisas. Quando estiveres estável emocional, intelectual, fisicamente.


Não te precipites para uma substituição, arriscando-te a encontrar na abundância de um outro ser os mesmos padrões que ainda precisas de curar em ti e com os quais ainda não consegues lidar.


Investiga em ti o que tinhas de satisfação e eras naqueles momentos que tanto te agradaram. Isso também é só teu. O outro ser só te ajudou a recordar.


Escolhe entretanto não entrar em relação amorosa. Alarga e aprofunda as tuas relações de amizade, profissionais ou familiares. Não interessa durante quanto tempo.


Faz questão com de te relacionares com novas pessoas com qualidade e com consciência. Tira as tuas lições em cada interação. Não fujas de escrever ou gravar o que aprendeste. Estás a preparar o próximo passo, é bom documentar o caminho, senão não fica na história. E ninguém poderá aceder a essa tua sabedoria mais tarde.


É mais fácil escolher o tempo a estar quando não estás em compromisso interior amoroso, o investimento emocional e energético é mais leve. Estás a tirar umas férias conscientes.


Se encontras notícias tuas nos outros, porque queres notícias apenas com quem te relacionas romanticamente?


Idealmente só quando tiveres uma relação incrível te cumpres pelas partilhas e ao mesmo tempo estarás a reduzir a tua informação transversalmente, pelo tempo e energia que investes em relação amorosa. É uma necessidade e um desejo primordial e primário. É maravilhoso quando se cumpre. Está enviesado pela nossa cultura, em que se pensa que tudo são rosas aí. Não mesmo. É extremamente difícil. Esse ser vê-te. Traz-te o teu potencial à tona. Tira-te do marasmo. Acorda-te. Traz-te vida e viver é maravilhoso e por outro lado, é tão bom que dói.


Quando chegar a altura vais encontrar o outro ser. Ele também se está a preparar para ti. Não és só tu que ainda não és o que vais precisar de ser para essa relação.


Atraímos o que precisamos a cada momento, então aproveita o que tens agora para evoluir, ao invés de olhar para o que achas que precisas ou queres. Isso é futuro. Sente agora o teu coração a bater. Ele bate agora aí no teu peito ou bate agora amanhã?


Quando estiveres inteiramente nessa relação vai ser difícil o tempo todo. Vais encontrar desafios constantes e vais querer sair disso o tempo todo. Tu inteiramente vais sentir medo de ficar. E ao mesmo tempo intima e interiormente percebes que estás no lugar e tempo certos. Só aí te cumpres. Ficando. Momento a momento. Escolhendo sofrer ou viver.

Nessa altura, ficarás.


Com amor, em luto e em paixão por mim e pela minha vida, Luís Miguel"



11 visualizações

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page