top of page
  • Foto do escritorAna Sou

Harém Energético



Harém Energético - Vampirismo e Responsabilidade -


Mulher, Ao longo de vários séculos de privação de Ti mesma, no mergulho na densidade e na experiência tridimensional, habituaste-te a prescindir do teu Poder Pessoal, negando a tua Essência e a tua Verdade. Nesse caminhar, ocultaste e denegriste os teus dons, negaste e aviltaste as Irmãs, padeceste em dor e sofrimento... e no teu útero criaste essa experiência e deste-lhe vida. Esqueceste a Chama Trina que em Ti conhece o Altar, deixaste o pavio esmorecer e até apagar. Geraste em dor e confusão, a sombra que te avilta o estar, pois o Sagrado foi vivido como pecado, vergonhoso e mal.


Homem, Ao longo de vários séculos sentiste-te excluído do Jardim, responsável pela segurança da prol, carregaste aos ombros a guerra, a competição, a obrigação e habituaste-te a atacar tudo o que temes, tudo o que foge à racionalidade e ao controlo ... a Mulher. Levaste esse conflito aos teus Irmãos e cultivaste-o no teu coração, negando Vida, negando a Terra, torturando o útero que te gerou, o Templo que a Ti se abriu. Criaste no medo e no esquecimento, a experiência do alheamento, o vício da guerra, da dor e do sofrimento.


AMBOS SOMOS RESPONSÁVEIS


A verdade é que a vivência do Harém continua presente em todas as raças, credos ou crenças. Quantas e quantas vezes, Homens há que se nutrem de criar laços com várias mulheres, alimentando o seu desejo de Poder, o seu vazio de Amor, o seu sofrer.


Vampirizam e são vampirizados.


Sim, porque Mulheres há que fazem o mesmo e mesmo aquelas que são isco, apanhadas na rede, capturadas no anzol, o que dão é fruto da perda do seu poder Pessoal, do seu Amor próprio. Logo não é verdadeiro, puro nem Original, é vampirizador também.


Como elevar esta rede negra? Pelo poder do Amor.


Vai, Flui na Vida e no Tempo, guiad@ pela Chama Trina em Ti - sagrado/sexual, coração e visão em Harmonia.


Honra teu Centro, Nutre teu Sol interno, Ama-te desde dentro. Vibra o estar em Presença contigo, com o Outro, com o Todo. Honra, respeita, nutre e Ama.


Cultiva novas relações onde a transparência do Ser convide ao cair da máscara do que hesita e se prende às malhas do sofrer.


Ama Eu AmoTe Somos


Ana Sou


(Créditos de Imagem: desconhecidos)



12 visualizações

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page